sábado, 13 de agosto de 2011

"A sociedade não existe, o que existe são os indivíduos": dito e feito.

Carta Maior

(Margareth Thatcher, a dama de ferro do neoliberalismo que governou a Inglaterra de 1979 a 1990. Líder da extrema direita do Partido Conservador, Thatcher desregulamentou a economia, implementou um amplo programa de privatizações, arrochou salários, reprimiu greves duramente, fechou fábricas, esfarelou o trabalho operário, elevou o número de desempregados de um milhão, no início de sua gestão, a 3 milhões em meados dos anos 80, reduziu a influencia dos conselhos salariais na economia e praticamente aboliu o salário mínimo. A julgar pelos distúrbios dos últimos dias, semeou de fato uma selva de indivíduos, furiosos, no lugar da sociedade)

Um comentário:

José Lamartine Neto disse...

Será que por isso a Inglaterra não tenha se tornado um país melhor para se viver, atraindo pessoas do mundo inteiro?